Por que o seu negócio tem que ter uma loja virtual responsiva?

Postado por Equipe mageshop, 07-10-2021 - 08:27

Por que o seu negócio tem que ter uma loja virtual responsiva?

O número de pessoas no Brasil que acessam a internet via dispositivo móvel já é maior que o de quem navega pelos desktops e notebooks. Assim, os lojistas virtuais precisam se preocupar em desenvolver páginas que se ajustam às telas menores e giratórias, para proporcionar uma perfeita visualização. O aumento gradativo da navegação por celulares fez com que surgisse uma preocupação com a qualidade da exibição nesses aparelhos. Então, foi introduzida a ideia da responsividade no desenvolvimento web. Responsividade é a capacidade que uma página tem de se adaptar automaticamente ao ecrã em que aparece, garantindo a usabilidade em qualquer equipamento sem prejuízo à navegação e ao uso de ferramentas e menus. Hoje em dia se trabalha com o conceito mobile first (MF). Essa é uma maneira de projetar os sites pensando primeiramente na exibição em equipamentos mobile, ao invés de desenhá-los para os monitores tradicionais. Representa uma evolução da responsividade. Este artigo vai mostrar porque a capacidade de ajuste automático é importante para o seu negócio e como obter um site responsivo de maneira fácil. Confira!

1

A importância do design responsivo

 

Dissemos no começo que a população brasileira já prefere navegar na internet pelo celular. Vamos colocar isso em números, agora: segundo estudo do IBGE, em 2019, o dispositivo é encontrado em 99,5% dos lares com acesso à internet. Os computadores só aparecem em segundo lugar, com 45% deles.

 

Isto significa que todo tipo de utilização é feita pelo equipamento móvel. E já que ele permite o acesso à rede a partir de qualquer lugar, é possível que o consumidor queira ou precise adquirir um produto enquanto está fora de casa. 

 

E uma coisa é verdade: quem usa a internet para comprar quer comodidade. E valoriza muito a experiência de compra. Segundo outro estudo, desta vez da Kissmetrics, os usuários estão cada vez mais imediatistas. 

 

Dos entrevistados, 40% afirmou que abandonam páginas que levam mais de 3 segundos para carregar. Também, as chances de voltar a comprar em um site que não ofereça uma boa experiência de compra é de apenas 12%.

 

Veja a partir de agora porque você deve adotar o padrão responsivo no site da sua loja.

 

Motivos para ter um site responsivo

 

Já que o brasileiro está sempre com o celular em mãos, é imprescindível que seu site seja perfeitamente navegável em um dispositivo móvel. Estes são alguns dos motivos:

 

Melhor experiência do usuário

 

A satisfação do usuário do site precisa estar em primeiro lugar. Já vimos que se a experiência de compra no site não for boa, ele provavelmente não voltará. Mas o contrário é verdadeiro: as chances de comprar novamente são maiores que 60%, segundo estudo do IBGE.

 

Mais velocidade no carregamento

 

Além da que já apresentamos, existem outras estatísticas que indicam que a velocidade no carregamento é fundamental. As páginas, quando otimizadas para telefones, carregam sensivelmente mais rápido do que quando projetadas para desktops.

 

Outro fator importante na questão da velocidade do site é o ranqueamento no Google. O buscador possui uma série de regras para definir quais os resultados que aparecerão no topo da página de resultados. Uma dessas políticas é a velocidade com que o site carrega. 

 

Por isso, um site responsivo tem grandes chances de figurar entre os primeiros resultados e isto é muito importante, já que a maior parte dos seus novos clientes chegarão até a sua loja pesquisando no Google.

 

Redução da taxa de rejeição

 

Entre as políticas de ranqueamento do Google, está o baixo nível de rejeição, ou falta de interação de um usuário com a página. Se o visitante entra no site e sai sem nenhuma interação, nem um clique sequer, isto é considerado abandono e prejudica a colocação nos resultados.

 

Isto pode acontecer por vários motivos e todos ligados à experiência do usuário: o carregamento lento da página, a má qualidade da visualização e a dificuldade de interpretar as informações. São problemas que podem ser evitados por meio do design responsivo.

 

Aumento no número de vendas

 

Com um e-commerce prontamente adaptável a qualquer aparelho, seu site se tornará mais amigável e isso pode motivar as pessoas a comprar, o que definitivamente não aconteceria se sua página estiver fora do padrão responsivo.

 

Um dado que merece atenção está em uma pesquisa da Confederação Nacional de Dirigentes Lojistas. Ela aponta que, no Brasil, 86% dos clientes que compram on-line efetuaram pelo menos uma compra em 2019 e, destes, 67% o fizeram pelo celular.

 

Então, para os comerciantes virtuais que estão com seu site em ordem, a tendência é de vender mais e de menor taxa de rejeição, caso uma transação não seja concretizada.

 

As consequências da não-responsividade

 

Os problemas que surgem para aqueles que não mostram preocupação em investir em um site responsivo vão desde o aumento da rejeição, que ocasiona a perda de posições no Google, até a queda da reputação da sua loja na internet.

 

Os visitantes não querem ter que ficar girando a tela do celular de um lado para o outro para tentar ler ou pinçar a tela para ampliar ou reduzir as imagens dos produtos. Não podemos esquecer que a concorrência é alta e os brasileiros são impacientes. Se o site é lento, não se enquadra na tela e é difícil de navegar, rapidamente voltam ao Google e simplesmente buscam outro lugar para comprar.

 

Como obter um site adequado

 

Este artigo deixou claro que todo empresário, se ainda não reformou ou construiu seu site com design responsivo, tem que fazer isso imediatamente. Ele precisa, além da capacidade de se ajustar, contar com imagens adaptáveis e de fácil carregamento, um layout que favoreça a navegação. 

 

Já que é por meio do Google que sua loja será encontrada pela maioria dos usuários, procure utilizar técnicas de SEO (sigla em inglês que significa Otimização Para Motores de Busca). É um conjunto de estratégias de criação de conteúdo que visa situar o site nas primeiras posições no Google, atraindo potenciais clientes.

 

Prepare seu site com quem tem expertise em desenvolvimento. A Mageshop utiliza a plataforma Magento, usada por milhares de lojistas no mundo todo. Explore o nosso site e entenda como podemos fazer o melhor para o seu negócio!

Outras Publicações

6 motivos para criar sua loja virtual em 2021
Criar uma loja virtual é uma ação bastante vantajosa para quem já possui um estabelecimento físico. Esse ...
Leia Mais
E-commerce: 8 tendências para ficar de olho em 2021
Os e-commerces fizeram muito sucesso em 2020 devido à pandemia de Covid-19. Mesmo com o fim da pandemia, tudo...
Leia Mais
O que é um HUB de integração?
Um hub de integração é uma plataforma que permite você gerenciar o seu e-commerce e automatizar toda a sua...
Leia Mais
Como elaborar a descrição dos produtos?
Comprar pela internet é muito diferente de comprar presencialmente. Tanto é assim que muita gente não abre ...
Leia Mais
Tendências para a Black Friday 2021 no e-commerce
A Black Friday, desde a primeira edição, em 2010, é uma das épocas mais aguardadas pelos consumidores, pri...
Leia Mais