O que é um serviço de hospedagem?

Postado por Gabriel Walter , 29-12-2022 - 08:07

O que é um serviço de hospedagem?

Hospedar um site é armazenar as páginas dele em um espaço na internet para que ele possa ser acessado e lido pelos visitantes. Esse espaço fica nos discos de computadores de alta capacidade, chamados servidores. Os smartphones, tablets e computadores dos internautas, quando acessam o site, estão na verdade se conectando aos servidores, que disponibilizam o conteúdo dele. Os servidores têm esse nome porque servem os dispositivos espalhados pela web das informações que compõem os sites. As máquinas que oferecem o serviço de hospedagem precisam ser potentes e funcionar 24 horas por dia, o que exige uma infraestrutura adequada. Então, para que as empresas tenham um site de qualidade, precisam contratar um bom serviço de hospedagem. Além disso, é importante saber quais são os tipos de hospedagem e o que elas incluem. Continue lendo para descobrir!

1

Tipos de hospedagem

 

A forma como um site é armazenado faz toda a diferença na velocidade de carregamento e na disponibilidade do conteúdo. Existem vários tipos de hospedagem e cada uma delas exige um investimento diferente. 

 

Hospedagem compartilhada

 

Nesse padrão, diversos sites ficam guardados no mesmo computador. Assim, todos eles usam o mesmo processador, a mesma memória RAM e talvez o mesmo disco. Isso pode trazer lentidão, já que mais dispositivos acessarão um único servidor ao mesmo tempo. Por isso, é mais apropriada para quando o número de acessos é menor e estável. A vantagem é o preço, que é menor em relação a uma hospedagem dedicada.

 

Hospedagem dedicada

 

Na hospedagem dedicada, os sites ficam armazenados em um dispositivo exclusivo, ou seja, ele usa toda a capacidade de processamento, sem dividir espaço com nenhum outro site. Assim, ele oferece mais velocidade e estabilidade para quem navega, suportando mais conexões simultâneas e picos ocasionais.

 

Servidor VPS

 

É a sigla em inglês para Servidor Virtual Privado. É uma máquina física que contém um software que simula vários servidores independentes. Essa técnica é chamada de virtualização. Ela melhora o desempenho da hospedagem compartilhada.

 

Cloud Servers

 

Esse recurso é a união das capacidades de diversos servidores físicos, que armazenam o conteúdo dos sites na nuvem. A principal vantagem dos clouds servers é a disponibilidade. Como são sustentados por diversas máquinas reais, a chance de ficarem “fora do ar” é quase nula.

 

O que a hospedagem inclui?

 

Veja abaixo os principais recursos que a hospedagem inclui. Depois vamos detalhar cada um:

  • armazenamento;

  • transferência;

  • painel de controle;

  • construtor;

  • contas de e-mail;

  • domínio;

  • backup;

  • suporte;

  • segurança.

 

Armazenamento

 

É o limite de espaço que as páginas de um site podem ocupar. Antes de optar por um plano, é importante saber o tamanho dos arquivos que compõem o seu site para saber o quanto você vai precisar. Os e-mails que o servidor pode oferecer também ocupam espaço de armazenamento, o que também deve ser considerado.

 

Transferência

 

É a quantidade de arquivos que serão adicionados e transmitidos para os visitantes. Isso envolve, por exemplo, as atualizações feitas no site, com novas imagens, textos e links. Também se refere aos downloads e uploads efetuados pelos usuários. Quando eles acontecem, é o serviço de transferência que está operando.

 

Painel de Controle

 

Ele serve para facilitar o gerenciamento dos sites hospedados. É uma interface desenvolvida para quem não possui grandes conhecimentos técnicos, permitindo que qualquer pessoa com noções razoáveis de informática consiga administrar as páginas.

Essa administração inclui fazer atualizações, criar e remover contas de e-mail, alterar senhas, operar bancos de dados, fazer backups e outras coisas.

 

Construtor

 

Assim como o Painel de Controle, o Construtor ou Criador de Sites também foi pensado para quem não tem conhecimentos em programação. Eles são programas que oferecem menus com elementos prontos e o único trabalho é arrastá-los para a área de criação da página, facilitando a construção delas.

 

Contas de e-mail

 

Como são uma das mais importantes ferramentas para comunicação empresarial, os e-mails também são oferecidos pelas empresas de hospedagem. Eles trazem o formato “nomedousuário@domíniodaempresa.com.br”. São contas profissionais, diferente das gratuitas, como as do Gmail, por exemplo.Os endereços com um domínio próprio passam credibilidade e profissionalismo aos clientes.

 

Domínio

 

É o endereço do site, aquilo que os visitantes digitam na barra de endereços para acessá-lo. Eles têm o formato “www.nomedodomínio.com.br”. Os domínios são únicos, ou seja, não pode haver dois sites com o mesmo endereço. Assim como acontece com os e-mails, é muito mais vantajoso ter um site com o nome da sua empresa, e não da plataforma desenvolvedora gratuita.

 

Backup 

 

O backup é a prevenção contra perda ou roubo de dados. Ele pode ser feito pelo próprio dono do site geralmente por meio do Painel de Controle. É possível obter uma cópia completa de um site para uma eventual restauração, caso seja invadido ou alterado indevidamente.

 

Suporte

 

Para evitar que o site fique “caindo” com frequência, o serviço de hospedagem deve garantir apoio técnico de alto nível. A empresa de hospedagem precisa contar com uma equipe de atendimento qualificada, da qual você não deve abrir mão. O site fora do ar gera prejuízos, em especial para os e-commerces.

 

Segurança

 

O serviço de hospedagem também tem a função de prover recursos de segurança, dificultando invasões, como protocolos de segurança e criptografia, uma técnica que codifica as informações do site durante o caminho entre servidor e dispositivos pessoais de navegação, para evitar que sejam lidos sem autorização, chegando ilesos ao destino.

 

O que avaliar na hora de contratar um serviço de hospedagem?

 

O investimento com hospedagem varia, dependendo de certos fatores como tamanho do site, número diário de visitantes, picos de acesso e dos recursos que você precisa nas suas páginas. Quanto mais páginas, links, imagens, vídeos, sistemas internos etc, o seu site tiver, mais espaço vai ocupar e, portanto, maior será o custo.

Porém, é importante lembrar que o serviço de hospedagem que oferece alto desempenho, qualidade e segurança, além de oferecer uma melhor experiência de navegação para o visitante, tem mais chances de aparecer nas primeiras posições nos resultados da pesquisa no Google, o que dá destaque ao seu negócio em relação aos concorrentes.









 

Outras Publicações

Evite erros na criação do seu E-commerce: Dicas
Em 2020, muitos empresários viram seus negócios fecharem as portas temporariamente devido à pandemia de Cov...
Leia Mais
Adaptar para se manter relevante
É fácil perceber que a pandemia afetou pesadamente o comércio varejista, em especial os menores. Quem passa...
Leia Mais
O que é CRM e quais as suas vantagens?
Conseguir espaço no mercado é um desafio e tanto para marcas de todos os tamanhos. Nos últimos anos, empres...
Leia Mais
Os Benefícios de Ter uma Loja Virtual: Por que Investir no E-commerce?
O e-commerce, ou comércio eletrônico, é a modalidade de venda que utiliza a internet como canal de comunica...
Leia Mais
Planejamento do e-commerce: 5 áreas para priorizar em 2022
Se você quer saber como fazer o planejamento do e-commerce e entender quais áreas priorizar em 2022, acompan...
Leia Mais