O que é pop-up e como ele pode ser útil no e-commerce

Postado por equipe mageshop, 23-09-2022 - 04:45

O que é pop-up e como ele pode ser útil no e-commerce

Por bastante tempo eles foram considerados chatos e invasivos. Alguns ainda acham isso, mas o fato é que ele está de volta e com um nobre objetivo: atrair o visitante e levá-lo a adquirir um produto. Estamos falando dos pop-ups. As mensagens que “saltam” na tela têm sido usadas nos últimos tempos com resultados positivos. Os pop-ups podem cumprir objetivos diversos, que incluem chamadas para ações, promoções, descontos e ofertas. Se você ainda não usa esse recurso mas gostaria de entender como ele pode ser útil no seu negócio, acompanhe a leitura desse texto e passe a usar essa estratégia!

1

O que são exatamente os pop-ups?

 

Anteriormente, eram janelas do próprio navegador que abriam automaticamente para exibir algum texto com o objetivo de destacá-lo. Hoje os pop-ups promocionais são componentes criados pelos desenvolvedores do site que também aparecem sozinhos, mas mediante uma ação do visitante.

O pop-up atual cumpre a função dos antigos banners, anunciando um produto ou serviço de uma maneira organizada. Por isso, ele deve ser utilizado com cuidado e de forma planejada, para não se tornar inconveniente e ser ignorado pelos usuários.

 

Tipos de pop-up

 

Como dissemos, o pop-up dispara com alguma ação do usuário. Então conheça agora a maneira como eles podem ser acionados:

 

Click

É ativado quando o visitante clica em certa parte da página, como em um botão ou mesmo em certos espaços vazios. Geralmente sugere ao usuário alguma outra ação dentro do mesmo site.  

 

Exit intent (intenção de saída)

Este tipo é usado quando o visitante faz algum movimento que indica que quer sair da página. Muitas vezes, a mensagem é exibida quando o ponteiro do mouse é levado para fora da área de navegação ou em direção ao “X”, no topo da tela.

A ideia é não interromper a navegação, aproveitando os instantes finais para lembrar o visitante que ele não concluiu uma compra, ou de acessar alguma área específica. Também serve para oferecer um desconto ou assinar uma newsletter.

 

Scroll (rolagem)

Quando o visitante puxa a barra de rolagem até certo ponto na página, o pop-up aparece. Nesse modelo, pode sugerir um desconto, por exemplo. A vantagem é que o desenvolvedor do site pode determinar o ponto exato onde a mensagem pula. Assim, num momento em que a página fala sobre certas características de um produto, o pop-up que surge pode oferecer um desconto na aquisição dele.

 

Timed (por tempo)

Nesse método, o pop-up é ativado depois de certo tempo de permanência na página. Como opção, podem ser sugeridos outros conteúdos, descontos e consultorias, porque a situação indica certo interesse do visitante, já que está navegando por um bom tempo.

 

Como pode ser útil

 

A ideia do pop-up é trazer leads, ou potenciais clientes para o e-commerce. O objetivo principal de gerar leads é alimentá-los com conteúdo relevante e informativo para que futuramente se tornem clientes efetivos.

Outra utilidade do pop-up é divulgar descontos e benefícios que talvez nem seriam encontrados pelo visitante, se ele passasse rapidamente pelo site. Ou seja, as promoções são “jogadas” na frente do usuário antes que ele vá buscar.

Conheça algumas formas comuns de usar os pop-ups no e-commerce, com foco na aquisição de novos leads e divulgação de vantagens:

 

Assinatura de newsletter

Uma boa dica é deixar o visitante atualizado com as suas promoções e vantagens. Para isso, o pop-up pode oferecer a assinatura da newsletter do blog. É uma forma de trabalhar o lead.

 

Oferta exclusiva

É direcionar o visitante a uma landing page, ou “página de destino”, que é construída pensando na conversão do potencial cliente, onde há um conteúdo rico e informativo. Geralmente essas páginas aparecem em resposta a uma pesquisa no Google mas, nesse caso, é o pop-up que vai levar o visitante até lá.

 

Carrinho de compras

O pop-up também pode trazer um carrinho de compras. Em alguns casos, ele se abre na lateral da página. Dessa maneira, o consumidor tem acesso à lista de produtos selecionados sem que haja interferência na navegação ou que ele tenha que clicar em um link externo, que leva a outra página diferente.

 

Benefícios

A mensagem pode exibir uma vantagem como “frete grátis”, incluindo uma ação do tipo CTA (sigla em inglês que significa “chamada para ação”), uma espécie de ordem para que o consumidor adquira o produto. Pode ser algo do tipo “aproveite agora!” ou “garanta o seu!”.

 

Como criar pop-ups eficientes

 

Observe estas orientações para ajudar a criar seus pop-ups:

 

  1. Dê bastante atenção ao conteúdo que você quer exibir. Faça um planejamento antes de construir;

  2. O conteúdo precisa ser relevante. O visitante não vai gostar de desviar a atenção para algo que, para ele, não é importante;

  3. Quando exigir uma interação, o pop-up deve pedir respostas curtas, como um “sim” ou “não”, apenas;

  4. Use verbos no imperativo, para criar o CTA: “aprenda”, “faça”, “entenda”;

  5. Destaque bem a oferta ou benefício;

  6. O conteúdo em texto precisa ser rico e convincente;

  7. Invista na prova social: o feedback positivo de outros clientes pode ajudar a convencer o potencial consumidor;

  8. Não se esqueça dos gatilhos mentais de urgência e escassez;

  9. Acrescente o pop-up nas melhores páginas do seu site ou blog;

  10. Não se esqueça de que o importante é oferecer uma boa experiência de navegação. Pense sempre no cliente

 

Dicas finais

 

O pop-up precisa ter relação com o conteúdo que o visitante está vendo. Pense bem nisso. Se ele está empolgado com certo conteúdo, não faz nenhum sentido aparecer uma mensagem sobre outra coisa. Para ele, não vai ter relevância. Então, imediatamente ele vai clicar no “X” e talvez sair do site.

Cada tipo de pop-up tem o seu momento certo. Se o cliente acabou de entrar na página e ele mal teve tempo de ler o título, não é uma boa hora para exibir uma mensagem pedindo para assinar a newsletter. Este tipo de pop-up é mais interessante quando é do tipo exit intent, ou seja, quando ele estiver indo embora.

A proposta exibida precisa ter valor, ser provocativa. Interromper “de leve” a navegação precisa valer a pena aos olhos do consumidor. Ofereça algo que não será facilmente conseguido no site. Precisa ser algo exclusivo. Uma oferta imperdível, como um teste grátis e cashback são exemplos.

E, finalmente, não se esqueça do CTA. Uma boa chamada para ação tem muito peso. É psicologicamente eficaz, quando bem planejado e induz o lead a comprar ou o cliente efetivo a fidelizar.

Outras Publicações

Dicas de uso de instagram associado à loja virtual
Quem monta uma loja virtual faz isso pensando em divulgar seus produtos para uma quantidade gigantesca de pess...
Leia Mais
SEO x SEM: Quais são as diferenças e suas vantagens no e-commerce
Primeiramente, é necessário entender o significado dessas siglas em inglês. O SEO vêm do Search Engine Opt...
Leia Mais
Magento SEO
A plataforma Magento é bastante completa e conta com diversas funcionalidades de otimização de mecanismos d...
Leia Mais
Diferencial competitivo no comércio eletrônico
O comércio eletrônico, que já vinha com tendência de crescimento, mostrou seu imensurável valor nos últi...
Leia Mais
O que é atendimento humanizado ao cliente e dicas de como colocá-lo em prática
Se você quer saber o que é atendimento humanizado ao cliente e dicas de como colocá-lo em prática, este ar...
Leia Mais