A importância do ERP para o seu e-commerce

Postado por Equipe mageshop, 14-10-2021 - 09:01

A importância do ERP para o seu e-commerce

Esta sigla já é conhecida no meio empresarial entre os líderes. Em português, significa Planejamento dos Recursos Empresariais. Na prática, se refere aos sistemas integrados de gestão, que existem para automatizar a gestão.

1

Eles englobam num único software ferramentas preparadas para todas as áreas da organização, desempenhando uma série de tarefas inerentes, dentre muitas:

 

  • controle de estoque

  • fluxo de caixa

  • contas a pagar e receber,

  • emissão de notas fiscais

  • vendas

  • análise de gráficos e métricas

  • compartilhamento de dados

 

Na maioria das vezes, os ERPs se apresentam em módulos que trabalham em conjunto.São aplicações planejadas de acordo com o perfil de cada empresa. As de grande e médio porte já adotam estas soluções integradas há bastante tempo. As menores talvez comecem seus controles em uma simples planilha do Excel ou equivalente.

 

Entretanto, à medida que crescem, fica mais viável administrá-la tendo o apoio de um sistema ajustado à necessidade delas, para evitar erros, confusões e retrabalho. O software ERP ainda conta com a vantagem de poder ser operado com sucesso por qualquer colaborador habilitado e não apenas pelo desenvolvedor da planilha, que talvez seja a única pessoa que a entenda.

 

Assim, os ERPs desempenham um papel importantíssimo na gestão do e-commerce. Para tirar o máximo proveito do poder das vendas pela internet, é bom conhecer as conveniências que os softwares integrados trazem.

 

Por que usar ERP no e-commerce?

 

As lojas virtuais que já implantaram os ERPs encontraram vantagens na adoção delas. Veja a partir de agora alguns motivos pelos quais é importante o emprego dos sistemas de gerenciamento.

 

Facilidade na administração dos dados integrados

 

Os softwares de gerenciamento de negócios são compostos por módulos. Para funcionar, um módulo utiliza dados provindos de outro. Por exemplo, a parte que controla o estoque pode fornecer dados sobre a disponibilidade de certo produto à parte de vendas, que por sua vez envia informações ao módulo contábil.

 

Esta característica traz para o e-commerce a facilidade de organizar os números que vêm de cada setor, sem a necessidade de ter várias planilhas de controle. Com a automatização da gestão da loja virtual, a probabilidade de erros é menor e o negócio ganha agilidade.

 

Simplificação da gestão financeira

 

Todos os softwares de automatização dos recursos empresariais oferecem um módulo para gestão financeira. Contas a pagar, receber e fluxo de caixa são apenas algumas das tarefas que o ERP desempenha. Os sistemas são escritos para que, ao alimentá-los com os valores, efetuem os cálculos e, assim, organizam as finanças do negócio.

 

Precisão no controle de estoque

 

Se o estoque não for muito bem administrado, pode gerar dificuldades para a gestão.. O controle de estoque precisa garantir, por exemplo, que haja produtos em número suficiente para suprir a demanda ocasionada pelas vendas.

 

Usar o ERP integrando o módulo de controle de estoque com o de vendas facilita o registro de entrada e saída, aponta o momento correto para novas compras, evita desencontro de informações, impede a má organização e assegura o fornecimento adequado de produtos.

 

Emissão de notas fiscais e boletos

 

Uma das principais utilidades do ERP é a funcionalidade da geração de boletos. Com este recurso automatizado, a empresa ganha tempo e agilidade. As obrigações fiscais ficam ainda mais fáceis com a geração simplificada das notas eletrônicas, bastando acrescentar os dados relativos aos clientes, os valores e as descrições. 

 

Comunicação interna otimizada

 

As informações sobre a loja virtual são centralizadas. Esta é uma característica relevante quando há vários colaboradores, cada um cuidando de uma tarefa.Todo registro novo passa a ser de conhecimento de todos no mesmo instante em que é inserido.

 

Satisfação e relacionamento melhorado com o cliente

 

Os ERPs, além de acelerar os processos internos de uma organização, fazem com que eles sejam mais exatos. E isto é fundamental quando se trata do relacionamento com os clientes, principalmente quanto aos pedidos deles.

 

Uma das situações que mais irrita o consumidor são os erros e os atrasos na entrega do pedido. Sem um ERP, todas as conferências são feitas manualmente, o que demanda mais tempo e aumenta a chance de enganos, bem como de o cliente ficar insatisfeito.

 

Os sistemas integrados, quando alimentados com dados dos consumidores, favorecem a identificação de um perfil deles: compreensão das necessidades, dos hábitos de consumo, e suas preferências. Este conhecimento permite traçar uma estratégia mais adequada para alavancar as vendas.

 

Base para tomadas de decisão

 

Os ERPs concentram grandes quantidades de informações relevantes para a gestão do negócio, em especial na hora de elaborar um plano de ação para as vendas.

 

Por exemplo, quando o sistema aponta que no estoque existem produtos há muito tempo parados, a gestão pode pensar em uma promoção, um desconto ou algum outro tipo de vantagem para o consumidor na hora certa.

 

Como obter um ERP para o seu e-commerce

 

Na hora de escolher uma ferramenta para a sua loja on-line, você deve avaliar quais são as reais necessidades, que podem variar conforme o tamanho do seu e-commerce. Como o ERP é um sistema modular, é possível adquirir uma solução justa para o seu comércio, com as funcionalidades que você precisa.

 

É importante também observar o custo-benefício. Não há dúvidas de que uma ferramenta adequadamente implantada vai trazer muitas vantagens. E, já que ela pode ser adaptada para o seu negócio, o custo também precisa ser compatível com a sua realidade. Existem fornecedores que usam o modelo de assinatura, em que a empresa cliente apenas arca com uma mensalidade pelo uso da ferramenta.

 

Isto quer dizer que o seu negócio vai contar com um sistema completo, com os principais recursos: comercial, serviços, financeiro e contábil, sem onerar demais o caixa da sua loja.

.

O suporte é outro fator a considerar. A empresa que fornecer o seu ERP precisa oferecer atendimento qualificado para tirar dúvidas e resolver problemas, se surgirem. Eles devem ser personalizados, estar disponíveis em múltiplos canais de atendimento, para que você não perca tempo aguardando ajuda.

 

Adotar um ERP no e-commerce beneficia em muitos aspectos: organiza os processos internos, economiza tempo, reduz o índice de falhas e os custos, apoia a tomada de decisão, ajuda a construir uma boa relação com o cliente e aumenta a produtividade.

Outras Publicações

E-commerce B2C: o que você deve saber para alavancar os seus resultados
O Business to Consumer no Brasil ostenta números impressionantes. De acordo com o Índice Mundial de Comérci...
Leia Mais
Como o e-commerce pode transformar o seu negócio em 2021?
Atenção, empreendedor! Não importa o seu ramo de atuação, é hora de dar uma guinada no seu negócio! Se ...
Leia Mais
A contribuição do SSL para o crescimento do e-commerce
Com a popularização das lojas virtuais e a grande movimentação no e-commerce brasileiro, o SSL se tornou u...
Leia Mais
A saída para a crise pode estar no e-commerce
Ninguém pode negar que a pandemia causou uma série de mudanças no comportamento do consumidor brasileiro. F...
Leia Mais
Quais as métricas analisar para o sucesso de uma loja virtual?
Ter uma loja virtual é muito importante para expandir seu estabelecimento físico, aumentar as vendas e torna...
Leia Mais