OpenMage: Suporte Continuado ao Magento 1

Postado por Equipe mageshop, 08-07-2022 - 08:18

OpenMage: Suporte Continuado ao Magento 1

Uma pesquisa da empresa AheadWorks, especializada no desenvolvimento em Magento revelou que mais de 30% das lojas virtuais no mundo são construídas nessa plataforma. Em números absolutos, são por volta de 200 mil estabelecimentos virtuais. O Magento pertencia à empresa americana Varien Inc. e nasceu derivado da ferramenta alemã osCommerce. Em 2007, a versão 1.3 ganhou espaço e a satisfação de lojistas, e isso fez com que o Magento fosse visto cada vez mais como um sistema confiável e robusto. Foi nessa época também que foi criada uma comunidade dos desenvolvedores, com o objetivo de criar e implantar modificações e melhorias. A Adobe é a proprietária da plataforma desde 2018. Dois anos depois, a empresa encerrou o suporte oficial a ela, então na versão 1.9. Assim, alguns empresários ficaram receosos em continuar usando o Magento 1, já que as atualizações de segurança não são mais oferecidas pelo canal oficial.

1

Outros ficam preocupados com o funcionamento das lojas, porque não sabem se, pela falta do suporte da Adobe, elas vão continuar rodando sem problemas.

Por ser um sistema estável e muito versátil, boa parte dos empreendedores virtuais não querem deixar o Magento 1 de lado. Então, você vai descobrir neste artigo qual é a solução para quem não quer abrir mão da eficiência do Magento 1  e continuar contando com suporte de qualidade. 

 

O Magento 2.0

 

Disponível desde 2015, o Magento 2.0 conta com suporte da Adobe, mas é bem diferente da versão 1 e este é um motivo que pesa muito na decisão de manter o Magento 1.

Mas entre os usuários da nova versão, há opiniões positivas quanto à usabilidade dela. Muitos elogiam a estabilidade do sistema. Outros ainda citam que hoje já existem diversos módulos e extensões para a segunda geração que já estavam disponíveis na primeira, o que facilita a migração.

Porém, a nova versão é bem diferente da primeira. Em primeiro lugar, a infraestrutura necessária para o funcionamento da segunda versão é mais complexa e cara.

A migração também envolve mudanças nas integrações e customizações, se não precisarem ser refeitas, o que demanda tempo e dinheiro. Assim, comunidades de usuários do Magento 1 desenvolveram o projeto OpenMage, que você vai conhecer agora.

 

O OpenMage

 

OpenMage é uma cópia do Magento 1.9, que possui código aberto, e sofreu mudanças, como inclusão de novas funcionalidades e melhorias, separadamente do projeto original. Uma equipe de mais de 100 desenvolvedores trabalhou no código para implementar correções a fim de beneficiar os e-commerces.

Os programadores argumentam que desde que a Adobe adquiriu a Magento em 2018, não foram adicionados recursos relevantes e ele ficou abandonado, sem atualizações, o que prejudicou o desempenho da plataforma. Segundo a equipe de desenvolvimento, o OpenMage surgiu como uma forma de combater os problemas causados pela falta de apoio da Adobe.

A ideia da iniciativa é estender o suporte ao Magento 1 por pelo menos mais 5 anos, garantindo correções de segurança e melhoria nos recursos, por meio do esforço conjunto de desenvolvedores autônomos, sem depender da Adobe. Nesse meio-tempo, os lojistas podem planejar com calma a migração para a segunda geração, porque a primeira versão da plataforma ainda funciona perfeitamente numa enorme quantidade de e-commerces.

 

Impressões sobre o OpenMage

 

Historicamente, o Magento 1 apresentou ótimos resultados na construção de lojas virtuais, que foram desenvolvidas por meio de projetos que custaram tempo e um dinheiro considerável. Por isso, muitos empresários consideram um desperdício migrar para um sistema praticamente desconhecido.

O OpenMage se apresenta como uma solução para o problema da falta de atualizações e correções de segurança. Além do mais, ele é uma alternativa que se destaca pelos motivos a seguir:

 

Evita aborrecimentos: Uma migração desesperada e sem planejamento pode prejudicar totalmente o andamento do seu comércio, porque, como dito, o Magento 1 é diferente do 2. Não se trata simplesmente de um upgrade: envolve uma reestruturação que também vai custar tempo e dinheiro.

 

Diminui o custo com hospedagem: A infraestrutura de hospedagem para plataformas em Magento 2 é mais cara do que para a primeira geração, o que é mais um aumento nos custos fixos.

 

Não exige mudanças profundas: Partir para a segunda geração do Magento exige mais tempo e recursos financeiros, já que integrações e personalização precisarão ser refeitas. Módulos e extensões para o Magento 2 são mais caros também.

 

Vários recursos têm descontos: Módulos e extensões para Magento 1 tendem a ficar mais baratos, exatamente pelo fim do suporte oficial. Alguns até podem ser encontrados gratuitamente. 

 

É verdade que a falta de atualizações pode trazer uma série de problemas de segurança. E elas são de extrema importância, já que as ameaças virtuais se reinventam a todo momento. Com o tempo, algumas funcionalidades do Magento 1, em especial módulos, podem começar a apresentar problemas.

Porém, ao contrário de boatos que já surgiram, as lojas virtuais baseadas em Magento 1 não pararam de funcionar de um dia para outro, por causa da chegada da segunda versão da plataforma.

Isso significa que você não precisa fazer uma migração apressada. Como apresentamos aqui, isso envolve fatores muito importantes. Então, se sua loja ainda não tem um faturamento tão alto, tomar uma decisão equivocada prejudicará sua receita.

 

Um ponto importante, caso você decida pela migração para a segunda geração da plataforma, é contar com um suporte especializado e de qualidade, para se prevenir de danos, perdas financeiras e evitar que sua loja não esteja no ar no prazo determinado. Mas se você optar por continuar com um sistema baseado em Magento 1, então o OpenMage será a melhor saída.

 

Se você precisa criar ou atualizar sua loja virtual com segurança, a Mageshop traz as melhores opções para você! Desenvolvemos e-commerces tanto em Magento 1 quanto o 2, de acordo com a sua preferência. Conheça todas as soluções no nosso site.

Outras Publicações

Magento x WooCommerce x Prestashop: diferenças e vantagens
Você está querendo montar sua loja virtual, mas ainda não sabe qual plataforma usar? Como hoje existem dive...
Leia Mais
Oito motivos para escolher a plataforma Magento
Não é por acaso que qualquer marca, produto ou serviço se torna líder em seu segmento. A preferência da m...
Leia Mais
Magento ou WooCommerce: qual é a melhor opção?
Uma boa loja virtual é hospedada em uma plataforma de qualidade, que atende todas as necessidades da empresa....
Leia Mais
Como escolher uma plataforma de e-commerce
Para maioria das pessoas que estão ingressando no mercado, saber como escolher uma plataforma de e-commerce t...
Leia Mais
Integrações com a plataforma Magento: é possível?
A melhor e mais usada plataforma de e-commerce do mundo, Magento, foi lançada em 2008 pela Magento Community,...
Leia Mais