Integrações com a plataforma Magento: é possível?

Postado por equipe mageshop, 29-09-2022 - 10:44

Integrações com a plataforma Magento: é possível?

A melhor e mais usada plataforma de e-commerce do mundo, Magento, foi lançada em 2008 pela Magento Community, composta por programadores e especialistas com o objetivo de otimizar o software. É um sistema completo, personalizável e de código aberto. Então, é possível acrescentar mais funcionalidades, adaptações e integrações, o que beneficia as empresas de comércio eletrônico. Essa possibilidade é um dos grandes pontos fortes do Magento. Respondendo à pergunta do título, é possível sim fazer integrações com a plataforma, e você vai ver neste artigo quais são elas e como elas podem beneficiar os usuários. Acompanhe agora!

1

Integrações com Magento

 

O Magento permite integrar uma loja virtual desenvolvida com ele com ferramentas essenciais para o e-commerce, permitindo que ele funcione suavemente e proporcione uma experiência de navegação excelente para os clientes.

As possibilidades de integração são muitas. Conheça as mais importantes:

 

  • ERPs;

  • marketplaces;

  • intermediadores de pagamento;

  • intermediadores de envio;

  • sistemas de atendimento;

  • plataformas de e-mail marketing;

  • sistemas de segurança

 

O fato do Magento ser uma plataforma open source traz ainda mais perspectivas de integração. Embora permita incorporações de muitos tipos, é importante que elas sejam desenvolvidas por profissionais bem qualificados, habilitados para trabalhar com a linguagem de programação do Magento, que é totalmente escrito em PHP.

Entretanto, na prática, o ideal é escolher as opções de integração mais necessárias para o seu segmento de atuação e o público alvo da sua empresa, para evitar custos desnecessários.

 

Ferramentas importantes para agregar

 

Escolhemos as possibilidades mais comuns para unir ao Magento:

 

Google Analytics

 

O Analytics, ferramenta gratuita do Google para acompanhamento das métricas de desempenho da loja virtual, está disponível de forma nativa no Magento desde a versão 1.9.

É o principal recurso para medir resultados. Para muitos lojistas, é simplesmente indispensável.

A análise de resultados é bastante simples. Os números envolvem número de acessos e conversões, taxa de conclusão de compras, taxa de churn (abandono do carrinho) e páginas mais visitadas. Todas essas informações servem a um objetivo: conhecer as necessidades e desejos dos clientes e saber o que fazer para entregar a melhor experiência.

O Analytics é um recurso intuitivo. O gerenciamento da loja virtual não precisa ser feito por um especialista. Assim, todo empresário que faz questão de acompanhar resultados vai conseguir usar o sistema satisfatoriamente.

 

Google Shopping

 

Outra possibilidade de integração é com o Google Shopping, que pode ser entendido como uma vitrine virtual, em que são exibidos produtos relevantes à pesquisa que o usuário faz. O Magento pode ser integrado a plugins de gerenciamento do Shopping, como o Shopping Feed. 

Os plugins facilitam bastante a migração dos produtos da loja virtual para a conta do Google Shopping. É possível enviá-los de forma automatizada, determinando quais serão exibidos nos resultados da busca. 

Isto faz com que a marca ganhe mais visibilidade, recebendo destaque da concorrência. Por consequência, as vendas também podem aumentar. O plugin ajuda a ganhar tempo na administração do e-commerce, porque evita que todo o trabalho de exportação dos produtos seja feito manualmente.

 

Sistemas ERP

 

O número de empresas de todos os portes que adotam um sistema ERP é muito grande. Não importa o segmento de atuação, esses sistemas automatizam a gestão de todos os setores.

Pensando em um e-commerce, o ERP engloba módulos relativos aos dados de vendas, clientes, estoque, financeiro e muitos outros. E é claro que ele também pode estar presente na plataforma Magento, graças às inúmeras possibilidades de integração. As vantagens são diversas:

 

  • desempenho aprimorado em processos;

  • melhor planejamento e organização logística;

  • automatização de rotinas;

  • redução de custos operacionais;

  • menor incidência de erros

 

A loja virtual fica bem mais segura e profissional, o que atrai e fideliza os consumidores. O empreendedor ganha em tempo e produtividade, porque muitas rotinas deixam de ser cumpridas manualmente. Dessa maneira, ele e o seu time ficam livres para se concentrar em novas estratégias.

 

Intermediadores de pagamento

 

Aqui está outra integração extremamente importante. Ela tem muito peso para o sucesso das vendas porque influencia a segurança das transações. Os intermediadores de pagamento promovem a segurança do cliente com a proteção anti-fraude e também agilizam o checkout.

As plataformas de pagamento são empresas especializadas que se encarregam das cobranças e transferem os valores recebidos pelos lojistas, mediante certas taxas, que são descontadas do valor das vendas. 

Quando os intermediadores de pagamentos são usados, os clientes geralmente se sentem mais seguros, o que engrandece a experiência de compra. 

Um ponto positivo das plataformas financeiras é a disposição de formas de pagamento diferentes: boletos, cartões de crédito e débito, PIX e carteiras virtuais. Quanto mais opções de pagamento forem dadas, maior a chance de o consumidor concretizar a compra.

 

Marketplaces

 

A integração do Magento com os marketplaces é possível, por exemplo, com os integradores Plugg.to, Hub2b e AnyMarket. Se você estiver começando a vender on-line, usar os marketplaces integrados é uma boa opção, porque tende a aumentar sua visibilidade.

Ao integrar sua loja, dê atenção à taxa que cada marketplace cobra, que normalmente varia entre 10% e 20% por produto vendido. Esta é uma informação importante para que o seu planejamento considere qual será a margem de lucro.

Procure saber quem é seu público-alvo, para saber se é mais vantajoso procurar um marketplace voltado para certo nicho ou se você deve investir nos mais gerais. Seja como for, vender em grandes marketplaces dará mais credibilidade à sua marca, porque são as empresas sólidas e confiáveis que investem nesse tipo de negócio.

 

Agora que você já sabe mais sobre as integrações da plataforma Magento, já sabe que não é à toa que essa é a plataforma para e-commerce mais usada no mundo. A Mageshop dispõe de diversas integrações com as principais soluções do mercado: AnyMarket, Hub2b, Plugg.to, Correios, Frenet, Melhor Envio, Google Analytics e Shopping, vindi,  PagSeguro, Mercado Pago, Ipag, Belluno, dentre outras.

 

Além das integrações, é importante saber que o Magento tem outros pontos fortes, como gestão de pedidos, produtos, marketing, promoções e emissão de relatórios personalizados.

 

Se você quer saber mais sobre como a plataforma Magento pode revolucionar o seu e-commerce, acesse nosso site principal e conheça as nossas soluções.

Outras Publicações

Magento 2: tudo o que você precisa saber sobre a plataforma
O Magento é uma plataforma que sempre cumpriu muito bem seu papel. Não é à toa que o sistema de desenvolvi...
Leia Mais
Por que usar a plataforma Magento para o seu e-commerce
Enquanto o WordPress é a plataforma referência para a criação de sites, o Magento é a plataforma referên...
Leia Mais
Recursos e funcionalidades essenciais para uma gestão eficiente no Magento
O Magento é uma plataforma poderosa que vai além da simples criação de lojas online. Sua riqueza de recurs...
Leia Mais
Como escolher uma plataforma de e-commerce
Para maioria das pessoas que estão ingressando no mercado, saber como escolher uma plataforma de e-commerce t...
Leia Mais
Oito motivos para escolher a plataforma Magento
Não é por acaso que qualquer marca, produto ou serviço se torna líder em seu segmento. A preferência da m...
Leia Mais