Plataformas


Plataformas de e-commerce são soluções completas projetadas para facilitar todo o processo de desenvolvimento de um site. Confira!

Qual a diferença entre e-commerce e marketplace?

A internet é uma ferramenta poderosa quando se trata de vendas. O alcance é impressionante e a tendência é sempre de crescimento, com cada vez mais pessoas buscando e conhecendo produtos e serviços. Uma das melhores maneiras de impulsionar os negócios é vender em canais diferentes. Isso dá agilidade e praticidade às compras. Afinal, a maioria dos consumidores procura a web exatamente por essas duas características. Mas pode ser que o novo empreendedor ainda não saiba como começar a oferecer seus produtos. É importante entender que existem duas formas diferentes, mas que podem se complementar: as lojas virtuais e os marketplaces. Neste artigo, você vai ficar sabendo quais são as diferenças entre esses dois modelos de negócios.


Magento 2: tudo o que você precisa saber sobre a plataforma

O Magento é uma plataforma que sempre cumpriu muito bem seu papel. Não é à toa que o sistema de desenvolvimento de e-commerces é usado por mais de 240 mil empresas no mundo todo. É rápida, eficiente, flexível e de código aberto. Justamente por reunir essas características, com o tempo recebeu melhorias e novos recursos. O Magento possibilita à empresa a criação de um sistema adequado às suas necessidades, livre para receber adaptações e aprimoramentos. Desde 2018, está disponível a segunda geração do Magento. Com praticamente todos os módulos e extensões do Magento 1, ela pode ser a solução para implantar ou migrar sua loja virtual para um sistema web confiável e de alta performance. Confira neste post tudo o que você precisa saber sobre o Magento 2.


OpenMage: Suporte Continuado ao Magento 1

Uma pesquisa da empresa AheadWorks, especializada no desenvolvimento em Magento revelou que mais de 30% das lojas virtuais no mundo são construídas nessa plataforma. Em números absolutos, são por volta de 200 mil estabelecimentos virtuais. O Magento pertencia à empresa americana Varien Inc. e nasceu derivado da ferramenta alemã osCommerce. Em 2007, a versão 1.3 ganhou espaço e a satisfação de lojistas, e isso fez com que o Magento fosse visto cada vez mais como um sistema confiável e robusto. Foi nessa época também que foi criada uma comunidade dos desenvolvedores, com o objetivo de criar e implantar modificações e melhorias. A Adobe é a proprietária da plataforma desde 2018. Dois anos depois, a empresa encerrou o suporte oficial a ela, então na versão 1.9. Assim, alguns empresários ficaram receosos em continuar usando o Magento 1, já que as atualizações de segurança não são mais oferecidas pelo canal oficial.


Oito motivos para escolher a plataforma Magento

Não é por acaso que qualquer marca, produto ou serviço se torna líder em seu segmento. A preferência da maioria das lojas virtuais pela plataforma Magento é um desses casos autoexplicativos. Desde seu lançamento, em março de 2008, até o final do ano de 2014, a Magento Commerce já havia registrado mais de 5 milhões de downloads, sendo a plataforma de aproximadamente 26% do comércio eletrônico mundial. Veja as características mais versáteis e arrojadas da plataforma Magento, além de saber como e por que ela alcançou esse patamar. Neste artigo listamos oito motivos para escolher a plataforma Magento para o seu projeto de e-commerce.


Como escolher uma plataforma de e-commerce

Para maioria das pessoas que estão ingressando no mercado, saber como escolher uma plataforma de e-commerce talvez seja uma das etapas mais desafiadoras de todo o processo de criação de lojas virtuais. A diversidade de opções de plataformas de e-commerce existentes atualmente no mercado brasileiro e dúvidas relativas a questões técnicas relativas a este posicionamento ainda deixa muita gente confusa.


Magento: A plataforma Open Source mais utilizada em todo o mundo

Você identificou uma oportunidade de mercado e deseja criar a sua loja virtual para vender seus produtos ou serviços? Talvez tenha ouvido falar de diversas opções de plataforma de e-commerce. E entre essas opções provavelmente você ouviu falar no Magento.


Qual a melhor plataforma de e-commerce em 2021?

Começar a trabalhar com seu e-commerce não precisa ser uma tarefa tão difícil. Além da definição do tipo de comércio eletrônico em que você vai atuar, do nicho que atenderá e dos produtos que vai oferecer, tudo o que você precisa é de uma boa plataforma, que te ajude a fazer o seu negócio prosperar.


Magento x WooCommerce x Prestashop: diferenças e vantagens

Você está querendo montar sua loja virtual, mas ainda não sabe qual plataforma usar? Como hoje existem diversas opções disponíveis para os empreendedores, fazer essa escolha pode ser realmente difícil.