E-commerce: 8 tendências para ficar de olho em 2021

Postado por Equipe Mageshop, 03-04-2021 - 08:36

E-commerce: 8 tendências para ficar de olho em 2021

Os e-commerces fizeram muito sucesso em 2020 devido à pandemia de Covid-19. Mesmo com o fim da pandemia, tudo indica que as lojas virtuais vão continuar sendo uma boa opção para os clientes, já que elas agilizam e facilitam as compras.

1

Os e-commerces fizeram muito sucesso em 2020 devido à pandemia de Covid-19. Mesmo com o fim da pandemia, tudo indica que as lojas virtuais vão continuar sendo uma boa opção para os clientes, já que elas agilizam e facilitam as compras.

Porém, é importante lembrar que os e-commerces estão sempre evoluindo para oferecer serviços melhores e conquistar os consumidores. Sendo assim, você precisa acompanhar as tendências da área para garantir que o seu negócio terá bons resultados.

Pensando nisso, listamos neste post 8 tendências de e-commerce para ficar de olho em 2021. Continue lendo e confira!

1. Omnichannel

Uma empresa omnichannel é aquela que integra seus canais físicos e virtuais para melhorar a experiência dos clientes. Dessa forma, eles ficam mais satisfeitos e o negócio consegue obter mais vendas.

Uma forma de ser omnichannel, por exemplo, é permitir que o consumidor faça a compra online e retire na loja física para não pagar frete. Outra maneira de integrar os canais de sua empresa é unindo todas as formas de atendimento.

Digamos que uma pessoa inicia uma conversa com sua empresa pelo chat e depois deseja falar com um colaborador. Nessa troca de atendimento, o profissional já deve ter todos os dados do indivíduo e saber qual é o problema que ele deseja resolver.

Atualmente, muitos estabelecimentos já são omnichannel, mas essa tendência vai continuar em 2021 justamente porque ela melhora bastante a experiência do usuário. Consequentemente, ela aprimora a imagem de seu negócio e as vendas.

2. Pagamento instantâneo

Oferecer diversas formas de pagamento para os consumidores é fundamental, porque assim você permite que eles escolham o modo que preferem e aumenta sua taxa de conversão.

Por isso, uma tendência do e-commerce em 2021 é disponibilizar para o público o Pix, um meio de pagamento instantâneo. Ele é interessante tanto para os consumidores quanto para os empreendedores, porque o pagamento é realizado em segundos.

Contudo, lembre-se de que como o dinheiro cai muito mais rápido, os clientes também esperam que suas compras cheguem em menos tempo em suas casas.

3. Inteligência artificial

A inteligência artificial (IA) é um recurso que já vem sendo usado por determinadas lojas virtuais e tudo indica que sua utilização só vai crescer no ramo de e-commerce. Por isso, é preciso ficar de olho na IA e implementá-la em seu negócio.

As ferramentas de inteligência artificial são bem importantes para o sucesso de uma loja virtual, pois elas identificam padrões no comportamento dos visitantes. Então, esses softwares mostram o que o seu público prefere, do que ele não gosta tanto e quais são seus hábitos.

Essas informações são muito úteis e lhe auxiliam a melhorar seus produtos e os serviços oferecidos para os consumidores. Além disso, a IA ajuda a melhorar o atendimento ao cliente. Seu negócio pode atender com ela casos mais simples, como rastrear ou cancelar um pedido, e deixar os colaboradores cuidarem de situações mais complexas.

4. Produção de conteúdo

Produzir conteúdo é uma forma interessante e eficiente de atrair clientes, porque sua empresa consegue exibir por meio de textos, vídeos e imagens sua personalidade, preocupação com os clientes e mostrar que entende do ramo em que está inserida.

Em função disso, a produção de conteúdo é uma ação que vai ser tendência por bastante tempo no campo do e-commerce. Criar materiais em redes sociais, blogs e lojas virtuais também é importante para aplicar técnicas de SEO (Search Engine Optimization) e, assim, melhorar o posicionamento de sua empresa nos buscadores.

5. Mobilidade

A cada dia que passa os consumidores, principalmente os jovens, usam mais o celular e outros dispositivos móveis do que computadores. Eles utilizam esses equipamentos não só para conversar ou para acessar redes sociais, mas também para comprar produtos.

Sendo assim, o seu e-commerce tem que oferecer uma boa experiência para o público em dispositivos móveis. Para isso, você deve investir em recursos e ferramentas que tornem o seu site responsivo e que façam ele disponibilizar uma experiência satisfatória para os usuários.

6. Clube de assinatura

O clube de assinatura é uma tendência muito interessante, porque ela faz com que os consumidores voltem a comprar em sua loja e também permite que sua empresa tenha uma receita recorrente.

Não há uma fórmula exata para criar um clube de assinatura, já que o formato depende bastante do ramo do negócio. Mas, ele sempre deve oferecer algo exclusivo para os clientes em troca da mensalidade.

Um clube de assinatura pode, por exemplo, dar descontos para os assinantes em milhares de produtos. Outra ideia bastante utilizada é mandar uma caixa com mercadorias para esses clientes todo mês.

7. Sustentabilidade

No mundo todo, os consumidores estão cada vez mais preocupados com a sustentabilidade e a preservação do meio ambiente. No Brasil, isso não é diferente e a busca por produtos que causam um impacto menor na natureza só aumenta.

Portanto, você deve analisar qual é a postura de sua empresa quando o assunto é sustentabilidade. Caso ela não se preocupe com esse tema, o ideal é mudar esse posicionamento e pensar em formas de transformar sua produção e entrega para que elas sejam mais sustentáveis.

Dessa maneira, você vai diminuir o impacto de seu negócio no meio ambiente e conquistar mais consumidores.

8. Re-commerce

Como a atenção com a sustentabilidade está cada vez maior, uma tendência que pode tomar conta das lojas virtuais em 2021 é o re-commerce. Este é basicamente a revenda de itens usados.

Isso já acontece em determinados marketplaces, como no Mercado Livre, mas é provável que a atividade comece a ser realizada também em e-commerces para aumentar a receita dos negócios.

Se os seus produtos forem reutilizáveis, por exemplo, você pode oferecer desconto para quem fornece uma mercadoria antiga na compra de uma nova. Para fazer o re-commerce é importante ressaltar que é responsabilidade de sua empresa analisar os produtos de segunda mão e fazer a manutenção deles, caso seja necessário, antes de colocá-los à venda.

Fique de olho nessas 8 tendências de e-commerce em 2021, pois elas podem melhorar bastante os seus serviços. Assim, elas aprimoram também os resultados de sua loja virtual.

Analise quais itens ainda não são usados em seu negócio e podem ser implementados para tornar seu e-commerce mais competitivo, como o site responsivo, o pagamento instantâneo ou o omnichannel.

E depois procure formas vantajosas de fazer essas alterações. Para começar sua pesquisa já, fale com a gente e descubra como podemos implementar essas tendências em sua loja ao melhorar a sua estrutura!

Outras Publicações

Entenda como e por que é importante fidelizar clientes no e-commerce
Todo lojista quer manter sua marca em posição de destaque no mercado e deseja que ela seja conhecida por tod...
Leia Mais
Vender em marketplaces: Guia Prático
O ano de 2020 foi um marco de virada para muitos empreendedores, com as restrições causadas pela pandemia de...
Leia Mais
Tendências para a Black Friday 2021 no e-commerce
A Black Friday, desde a primeira edição, em 2010, é uma das épocas mais aguardadas pelos consumidores, pri...
Leia Mais
Por que o seu negócio tem que ter uma loja virtual responsiva?
O número de pessoas no Brasil que acessam a internet via dispositivo móvel já é maior que o de quem navega...
Leia Mais
Meios de Pagamento para o seu E-commerce
Sabemos que o sucesso do seu E-commerce está relacionado diretamente ao desempenho e eficiência que sua Loja...
Leia Mais